É possível medir quanto “tempo de vida fértil” que a mulher possui?

Infelizmente, não. Não há exame capaz de medir a fertilidade feminina, muito menos “quanto tempo fértil a mulher ainda possui”. Sabemos que as mulheres possuem um número não renovável de óvulos (folículos) em seus ovários e que, com o passar do tempo, o número e a qualidade dos mesmos reduz, gradativamente, até a ocorrência da menopausa (última menstruação). Esta redução se acentua, particularmente, após os 35 anos com consequente declínio natural das chances de gravidez. A quantidade de folículos que…

Leia mais

Endometriose e infertilidade

A endometriose é uma doença benigna que se desenvolve quando o tecido de revestimento do útero (endométrio) cresce em outras regiões do nosso organismo, tais como ovários, tubas uterinas, intestinos, bexiga e, até mesmo, pulmões. Trata-se de doença crônica que exige cuidado contínuo por causa da ausência de cura e do retorno dos sintomas, uma vez interrompido o tratamento. A doença atinge a mulher em idade reprodutiva, ou seja, a mulher que menstrua. A média de idade das mulheres, à época…

Leia mais

Reprodução Humana e a Oncofertilidade

Recentemente, a apresentadora Sabrina Parlatore confessou a sua luta contra o câncer de mama, em 2015, com o tratamento finalizado em janeiro deste ano. Sabrina contou para a imprensa que, devido à vontade de ser mãe, quando recebeu o diagnóstico e soube que teria que enfrentar uma cirurgia, 16 sessões de quimioterapia e 33 sessões de radioterapia, decidiu congelar os óvulos. O avanço das técnicas de Reprodução Humana permite a preservação da fertilidade em mulheres e homens que passam por…

Leia mais

Transporte de amostras biológicas para outras clínicas

Alguns tratamentos de fertlização in vitro geram um número maior de óvulos/embriões que, posteriormente, são congelados. Eles pertencem aos pacientes que realizaram o procedimento e são mantidos no Centro de Reprodução Humana por tempo indeterminado, desde que solicitado a sua retirada. O paciente tem o direito de transferir seus óvulos/embriões para outra clínica no caso de mudança de interesse. Para isso, deve assinar o termo de consentimento específico e a autorização para a troca de domicílio da guarda do material….

Leia mais

Diagnóstico pré-implantacional – PGD ou PGS, qual técnica utilizar?

O PGD (Pre-Implantation Genetic Diagnosis) e o PGS (Pre-Implantation Genetic Screening) são exames que podem ser utilizados no processo de Fertilização in vitro – FIV, com o objetivo de diagnosticar nos embriões a existência de alguma doença genética antes da implantação no útero da mãe. Assim, casais com chances de gerar filhos com problemas genéticos como Síndrome de Patau (trissomia do cromossomo 13), Síndrome de Edwards (trissomia do cromossomo 18), Síndrome de Down (trissomia do cromossomo 21), Síndrome do Klinefelter (47XXY),…

Leia mais

E esse tal de Zika?

Em 2015, houve um aumento considerável do número de casos de microcefalia em recém-nascidos, principalmente, na região Nordeste, em especial no estado de Pernambuco, que despertou grande atenção por parte das autoridades de saúde, gerando uma busca pela etiologia e estudo dos casos. A partir disso, houve uma suspeita da relação causal entre a infecção pelo vírus Zika e microcefalia. A infecção pelo vírus Zika é uma doença, na maioria das vezes, autolimitada, não sendo associada a complicações. Estima-se que…

Leia mais

Como saber se você tem endometriose?

  A endometriose é uma doença que atinge milhares de mulheres em idade reprodutiva. Muitas vezes silenciosa, outras nem tanto. Geralmente, só é descoberta após muitos anos de dores ou dificuldades para engravidar. Isto porque não há, até momento, um exame acessível, sensível e não invasivo, capaz de diagnosticar todas as formas da doença. Em certos casos, a endometriose só pode ser descoberta por meio da videolaparoscopia, um procedimento cirúrgico feito com anestesia geral. Por isto, não é um procedimento…

Leia mais

Novas tecnologias: o uso a favor da Reprodução Humana Assistida

  Estamos passando por uma revolução tecnológica. É possível ver isso dentro das nossas casas, no trabalho, nas escolas, e com a medicina reprodutiva não é diferente. Equipamentos e técnicas vêm surgindo para que, cada dia mais, aumente as chances das pessoas terem um filho. Técnicas como diagnóstico pré-implantacional (PGS/PGD) tem sido muito usadas e são de grande valia. Essa técnica tem o objetivo de transferir embriões que não apresentem anomalias cromossômicas ou genéticas.  Os embriões, em certo estágio de…

Leia mais

Marcadores:

Rumo da Fertilização in vitro no Brasil

As resoluções do Conselho Federal de Medicina – CFM aparecem como as únicas normas no Brasil que regulamentam a atuação médica na área de Reprodução Assistida, já que ainda não temos legislação disponível aprovada pelo Congresso Nacional sobre esse assunto. Recentemente, houve a atualização dessas normas, o que reflete os avanços obtidos no tratamento dos casais inférteis e na própria evolução da sociedade. Participaram dessas atualizações as entidades como a Federação Brasileira de Ginecologia e Obstetrícia – Febrasgo, a Sociedade…

Leia mais

Preservação da fertilidade e câncer de mama

                A incidência do câncer de mama aumenta com a idade e acomete a maioria das mulheres na pós-menopausa. Estima-se que 15 a 25% dos casos surgem na pré-menopausa, cerca de 7% abaixo dos 40 anos e que uma parcela significativa terá a doença durante o ciclo reprodutivo. Na mulher jovem o câncer de mama é atípico, com prognóstico reservado. Estudos americanos pontuam a melhora na taxa de sobrevivência dessas mulheres num período…

Leia mais